quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Aguardar e exercitar: A TOLERÃNCIA

É amigos... Tenho que esperar um pouco mais, já virou rotina isso, aliás, acho que deveria levar minha caminha e colchão para a Clínica, afinal todos que estão lá, dentre médicos, assistentes, secretárias já me chamam pelo nome, acho que já sabem até meu CPF e RG completos (inclusive os pacientes, até por que tenho um imã prá fazer novas amizades, e amo isso). Espero que a ansiedade que tenho não me faça deixar minhas unhas, aliás, meus dedos no toco, dando no sangue por roê-las, ou que eu me acabe na geladeira, nos armários e fogão. Afinal, meus glóbulos vermelhos estão em extinção nesse ‘corpitcho’ aqui e necessito caprichar na alimentação e devorar tudo que seja fibras e vitaminas que detonem com essa maldita anemia que apareceu agora, mas comer o que preciso. Nunca pensei que eu iria ficar desesperada pra fazer essa quimio, pois ela é quem vai determinar e acelerar minha cura, destruindo essas células invasoras e não bem vindas e fazendo com que meus dias de agonia e espera sejam agilizados. Bom, por enquanto é isso, recuperar a imunidade e me alimentar bem para que eu esteja preparada e forte o bastante para enfrentar mais esta etapa. Agora é só esperar e ocupar a mente com outras coisas; boas, de preferência, como o carinho, a atenção, a solidariedade e a energia e a força que encontro aqui, compartilhando com vocês minha história e interagindo com a história de vocês.
Vocês teem feito diferença na minha vida, e sei, vou fazer também diferença na vida de muita gente, este é meu foco, meu desejo. AUXILIAR, SERVIR E AMAR...
Fé e luz!
Bjus com carinho,
Cris

3 comentários:

daniel disse...

Oi, Cris!! Obrigado por sua visita. Estive viajando e assim andei um pouco afastado do blog, mas estou de volta. Você é muito bem vinda nessa corrente de solidariedade que nos envolve, e tenho certeza que sua força nos ajudara a todos. Bjão!!!

Izabel disse...

Olá, Cris!
Obrigada pela visita. Realmente nosso histórico é semelhante. Tive que sair "na marra" de um quadro depressivo para poder lutar contra a doença.

Realmente nos desesperamos pela quimio. Eu fico com medo até de pegar uma gripe. Sabemos que não é fácil, mas é nosso remédio para a cura. Já que o foco é a cura, vamos focar na cura.

Estou acompanhando você também. Tomara que a anemia d~e uma trégua. Eu como muita beterraba pois dizem que é muito bom.

beijos!

Angel love disse...

Oh meus amigos Daniel e Izabel, como é bom poder contar com pessoas tão especiais, tão nobres. Estou tomando um mel feito de beterraba, cenoura, rapadura e suco de uva. Tenho fé q rapidao estarei apta a fazer a quimio. Espero que vcs estejam sendo abençoados cada dia mais com o tratamento, podem contar comigo sempre que precisarem.
Bjus meus lindos...
Cris